Rio Dourados sobe de 2 a 3 metros e desabriga cinco famílias em Fátima do Sul.

Famílias que moram próximas ao Rio Dourados, em Fátima do Sul, ainda estão se recuperando da maior cheia desde 1987, registrada em 2015, e as chuvas dos últimos dias fez com que novamente, elas deixassem suas casas, indo para residências de parentes.

Agora pela manhã, o Dourados News entrou em contato com a assessoria de comunicação da prefeitura do município que afirmou a existência de 11 famílias no cadastro de regiões de área de risco, sendo que cinco já foram removidas para casas de familiares ou optaram por construir.

“A prefeitura está dando suporte para quem preferiu levantar novas residências, ao invés de ir para parentes; essas famílias sabem que moram em área de risco, ou seja, sabem que no período de chuva, o rio enche e o transtorno recomeça”, comentou Leandro José dos Santos, assessor de comunicação da prefeitura.

Entre os moradores que já saíram do local, está Maria Adelaide Scalante, que mora

 

na Rua Marechal Candido Rondon, e deixou sua casa na tarde de ontem (26). Ela foi removida para casa de parentes, no bairro Katira.

“Estamos por meio da Secretaria de Obra e Assistência Social, juntamente com um engenheiro, monitorando constantemente a área e o nível do rio que já subiu em torno de 2 a 3 metros; temos orientado ainda que, quem não deixou a área de risco, que saia o quanto antes”, afirmou Leandro.

Previsão do tempo 

Fátima do Sul, de acordo com o Instituto Nacional de Meteologia, está em estado de alerta, pois a previsão para os próximos dias é de chuva intensa.

Seundo dados do Clima Tempo, a partir da tarde desta terça-feira (27), pode voltar a chover, 15mm e forte, na cidade. Máxima chega aos 32ºC.

DouraDosNews….

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here