Guarda Municipal divulga o balanço dos trabalhos durante a Exporã

TERÇA-FEIRA, 26 DE MARÇO DE 2019 – 16H30MIN – ASSECOM – GCMFRON
Resumo das Operações da Guarda Civil Municipal de Fronteira na 45ª Exporã
a) Domingo, 24/03/2019: Por volta das 01h50min uma guarnição da GCMFron realizava parada básica (PB) em frente ao Parque de Exposições Alcindo Pereira quando um individuo que foi identificado como sendo Alison de Oliveira Ledesma (18), informou os agentes, que o mesmo havia acabado de ser assaltado nas imediações do Terminal Rodoviário, onde um individuo identificado como Mateus Salinas, o havia assaltado se utilizando de uma arma branca (faca), subtraindo do mesmo um celular da marca.

Sansung j4 e R$ 150,00 em dinheiro. De posse das informações, a guarnição realizou rondas pelas imediações logrando êxito em prender o suspeito. Os dois indivíduos foram conduzidos ao 1º DP, onde a Autoridade Policial constatou que Alison de Oliveira e Mateus Salinas, são ambos usuários de drogas e haviam forjado o suposto assalto, por que Alisson havia se arrependido de ter penhorado os seus pertences para consumir entorpecentes.

b) Domingo, 24/03/2019: Por volta das 17h00min, dois indivíduos que trafegavam a bordo de uma motocicleta de procedência estrangeira da marca Leopard, de cor vermelha, desobedeceram a ordem de parada dos agentes da GCMFron , onde após serem abordados, Clayton Aparecido S. Severino (19) investiu contra a guarnição, sendo.

Necessário que os agentes fizessem o uso diferenciado da força para contê-lo. Ailton Ruiz Palácios (22) ameaçou os agentes da GCMFron dizendo que sabia onde os mesmos moram, e que os referidos agentes “estavam devendo uma pedra para ele”. Diante dos fatos, os dois elementos foram contidos e conduzidos ao 1ºDP para providencias cabíveis.

c) Domingo, 24/03/2019: por volta das 20h15min, uma guarnição da GCMFron foi acionada via telefone de emergência 153 para comparecer na rua José Dourado de Oliveira para atender a uma ocorrência de violência doméstica. Ao chegar no local, a guarnição ouviu o relato do filho do suposto agressor Jonatanael B. Florenciano, onde o mesmo informou que seu pai Roberto Ribeiro Ruiz , seria o autor da violência

doméstica e que o mesmo havia invadido a sua residência quebrando vários pertences e tentou lastimá-lo com um caco-de-vidro pontiagudo, onde ele se obrigou a atacar seu pai com um objeto que foi arremeçado na cabeça dele. Diante dos fatos constatados, pai e filho foram conduzidos para o Hospital Regional e posteriormente para o 1º DP para esclarecimentos dos fatos. As ocorrências ocorreram em Ponta Porã-MS, cidade situada a 320 km da capital Campo Grande.

A Assessoria de Comunicação Social da GCMFron

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here