Delegado da Civil é preso pela Garras por suspeita de matar boliviano

A delegacia Especializada de Repressão a Roubo a Bancos, Assaltos e Sequestros (Garras) prendeu na manhã desta sexta-feira, em Corumbá, o delegado da Polícia Civil Fernando Araújo da Cruz Júnior, titular da Delegacia de Atendimento à Infância, Juventude e Idoso (Daiji) naquele município.

Ele é investigado pela morte de um boliviano dentro de uma ambulância. De acordo com o Diário Corumbaense, Fernando foi encontrado em casa, no cruzamento das ruas Dom Aquino e 15 de Novembro, no centro da cidade. Lá estava a mulher dele, que tentou fugir e também foi detida.

Em outro endereço também foi cumprido mandado de busca e apreensão, assim como em outro imóvel, entre as ruas Cabral e Firmo de Matos, onde mora o investigador Emanoel Contis. O Garras ainda não divulgou o motivo da operação, mas confirmou a apreensão de materiais nas casas.

No entanto, a suspeita é de que o caso esteja relacionado com a morte do pecuarista boliviano  Alfredo Rangel Weber, 48 anos, dentro de uma ambulância, em Corumbá. Ele teria sido morto a tiros no dia 23 de fevereiro, depois de esfaqueá-lo em uma festa na cidade fronteiriça de Puerto Suárez.

FONTE: Correiodoestado

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here