Gaeco faz buscas na prefeitura e na casa de prefeito na fronteira

Equipes do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado investigam gestão do prefeito Reinaldo Piti

Carros do Gaeco em frente à casa do prefeito de Bela Vista, na Rua XV de Novembro (Foto: Direto das Ruas)

Equipes do Gaeco (Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado) estão nas ruas de Bela Vista, cidade a 322 km de Campo Grande, na fronteira com o Paraguai

Em abril do ano passado, a administração de Reinaldo Piti já tinha sido alvo de operação do Gaeco por suspeita de atos de corrupção na Secretaria de Educação. A ação investigou rombo de R$ 1 milhão aos cofres públicos através de licitações fraudulentas para contratação de empresas que fazem o transporte escolar.

Na época, o promotor de Justiça William Marra Silva Júnior recomendou ao prefeito Reinaldo Miranda Benites, o Reinaldo Piti, o afastamento da então secretária de Educação Jane Mary Garcia Mattos Carvalho.

Campo Grande News

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here