Secretaria de Estado de Saúde confirma policial militar como 11ª vítima fatal de dengue neste ano em MS

A SES (Secretaria de Estado de Saúde) confirmou nesta quinta-feira (11) que o soldado da Polícia Militar Estéfano José Cervelati, de 41 anos, foi a 11ª vítima fatal da dengue neste ano em Mato Grosso do Sul.

Cervelati morreu no último sábado (6), após apresentar sintomas de dengue, em Ponta Porã, a 346 km da Capital. De acordo com a SES, além de apresentar a forma grave da doença, ele tinha obesidade como comorbidade.

A cidade vive epidemia de dengue, com índice de 555 casos a cada 100 mil habitantes, conforme boletim epidemiológico divulgado na semana passada. A SES deve divulgar ainda na manhã desta quinta-feira os números atualizados da doença em Mato Grosso do Sul.

O Estado ocupa o 3º lugar no ranking nacional em casos de dengue, proporcionalmente, conforme o Ministério da Saúde. Até a última semana, foram mais de 18 mil notificações.

Mortes confirmadas

Antes de Stefano, em Ponta Porã, a última vítima fatal, no dia 5 de abril, foi uma mulher de 47 anos em Dourados. Na segunda maior cidade do Estado, já são três mortes, entre elas uma menino de 11 anos.

Em Campo Grande, as vítimas são todas do sexo masculino: duas crianças de 1 e 5 anos e dois idosos de 72 e 78 anos, respectivamente. As quatros mortes aconteceram em janeiro, fevereiro e março e a cidade apresenta um índice muito alto de casos, já são mais de 7 mil notificações.

Em Três Lagoas, três vítimas e todas idosas: 56, 76 e 79 anos respectivamente. Os óbitos foram registrados do dia 27 de janeiro até 5 de abril.

Midiamax

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here