Beneficiários do Bolsa-Família convocados para atualização cadastral

 

As pessoas que são beneficiadas pelo Programa Bolsa Família em Ponta Porã e que ainda não realizaram a pesagem e acompanhamento neste ano, têm até o dia 30 de maio para efetuar a atualização cadastral. Nesta sexta-feira, haverá ação visando atender as famílias atendidas pelo programa social, com a secretaria de Saúde, através da Coordenadoria de Vigilância Alimentar e Nutricional, realizando atendimento das 08h às 11h e das 13h30 às 17, na Praça Lício Borralho, no consultório de Rua.

Conforme a nutricionista Mariana Josgrilberg, a medida visa regularizar a situação de todos, pois este acompanhamento é essencial para manutenção da família no programa. Quem não atender corre o risco de ficar sem receber o benefício.

De acordo com a Coordenadora da Vigilância Alimentar e Nutricional da Secretaria Municipal de Saúde, a nutricionista Mariana Josgrilberg de Jesus, “as famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família têm o compromisso com o programa de comparecerem periodicamente às Unidades Básicas de Saúde de referência para acompanhamento da saúde, cumprindo: pré-natal, crescimento e desenvolvimento das crianças preconizados pelo Ministério da Saúde e calendário de vacinação. Desta forma é possível monitorar a saúde da população alvo que recebe o benefício. Com freqüência, as famílias realizam o cadastro, recebem o benefício e não comparecem às Unidades de Saúde para realizarem este acompanhamento (que deve ser informado duas vezes por ano para o governo), resultando em muitas famílias recebendo sem serem devidamente acompanhadas na saúde”, explicou.

Mariana acrescenta que, por parte da Atenção Básica, é realizada busca ativa a estas famílias para que elas compareçam as unidades, no que muitas vezes não obtemos sucesso infelizmente. Ainda há o agravante dessas famílias serem cadastradas em endereços de terceiros por elas fornecidos, dificultando ainda mais a busca destes beneficiários.

Portanto as famílias que recebem o benefício e que ainda não realizaram o acompanhamento este ano, que procurem suas Unidades Básicas de Saúde de referência até o dia 30 de maio para realizar o devido acompanhamento. Prazo a ser cumprido para não prejudicar o repasse dos benefícios às famílias.

Consequências:

Ela alerta que as famílias beneficiadas que tiverem algum membro que não cumpriu as condicionalidades ficam sujeitas às sanções do Programa, sendo a primeira o bloqueio do benefício por 30 dias.

Assessoria

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here