Preso que ordenava mortes em ‘tribunais do crime’ é transferido de MS para o RN

Ulisses Silva Martins, 21, o “Colt” foi transferido na quinta-feira (13/6) da Penitenciária de Segurança Máxima da Capital para o Presídio Federal de Mossoró, no Rio Grande do Norte, segundo informa o Campo Grande News.

Ele é acusado de determinar a morte de pelo menos sete bandidos através do ‘tribunal do crime’, ações realizadas por facções criminosas após ‘julgamento’ de supostos delitos cometidos por parte de criminosos.

A última ordem do rapaz em terras sul-mato-grossenses resultou no assassinato de Anderson Martins dos Reis, o ‘Dê’, de 33 anos, na noite de quarta-feira (12/6), em Itaporã.

A vítima foi atingida por 20 golpes de faca na frente da mãe por supostamente simpatizar com facção criminosa rival a dele.

Trajetória
Colt foi preso em Dourados no dia 1º de junho de 2016. Natural do Maranhão, ele transportava 27 quilos de maconha na mala de viagem. O flagrante ocorreu no cruzamento da avenida Marcelino Pires com a rua Guanabara.

Depois da prisão, o rapaz foi encaminhado ao Presídio Semiaberto do Município, onde se tornou foragido da Justiça.

Ulisses foi preso novamente no dia 28 de janeiro do ano passado.

Na ocasião, ele participou de um confronto com policiais militares no Jardim Pelicano onde dois de seus comparsas morreram.

Fonte : Dourados News

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here